Faça uma das caminhadas de aventura mais incríveis do continente, na rota dos Pireneus

Como uma cadeia de castelos protegendo a Espanha dos avanços do restante da Europa, os Pireneus emergem das águas do Mediterrâneo, sobem até os céus e então afundam, à semelhança de Atlântida, na frieza profunda do oceano Atlântico.

De ponta a ponta, eles abrangem uma distância de cerca de 435 km, transpondo a fronteira entre França e Espanha no caminho — e incorporando Andorra em sua totalidade — e se erguendo a 3.404 m, seu ponto mais alto, no pico de Aneto. É uma cadeia montanhosa que oferece uma miríade de desafios, mas nenhum é mais rigoroso e fascinante do que a Alta Rota dos Pireneus — Haute Route des Pyrénées.

A rota foi uma criação de Georges Veron, considerado o avô de todos os praticantes de trilhas dos Pireneus. A publicação em 1968, em francês, de La Haute Route des Pyrénées, detalhava uma rota por todos os cumes dos Pireneus.

Deixando de lado os iniciantes, e até mesmo os intermediários, esse mestre da navegação, com um incomparável conhecimento sobre as montanhas, fornecia descrições da rota que eram frequentemente mínimas e exploravam áreas sem caminhos demarcados.

Portanto, essa caminhada sempre foi mais um conceito do que uma trilha. Ela não é sinalizada (embora às vezes se conecte com a GR10, sinalizada), e variações são possíveis. ‘Rido que você tem a fazer é começar em Hendaye e terminar em Banyuls-sur-Mer (ou vice-versa), mantendo-se na maior altitude possível.

Apesar dessa falta de formalidade e familiaridade, a Alta Rota dos Pireneus atrai todos os praticantes de trilha do mundo. Há uma rede extensiva de abrigos nas montanhas, eliminando a necessidade de acampar, se assim você quiser, e quaisquer que sejam as rotas escolhidas, elas invariavelmente passarão pelos dois parques nacional, espanhóis nos Pireneus: O Parque Nacional d’Aigtiestortes i Estany de sant Maurici e o Parque Nacional de Ordesa y Monte Perdido.

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *